Morto a tiros no Aero Rancho era advogado e fiscal da prefeitura

Foi identificado como Luiz Eduardo Lopes, 45 anos, advogado e fiscal sanitário da prefeitura de Campo Grande, o homem executado a tiros na manhã desta terça-feira (16) na rua Raquel de Queiroz, no bairro Aero Rancho.

De acordo com informações do delegado Giuliano Carvalho Biacio, Luiz estava em um veículo VW/Gol quando foi morto. “Ele foi atingido por aproximadamente cinco tiros, sendo um deles na cabeça e o resto na região das costas e tórax. Apreendemos no carro cápsulas deflagradas e acreditamos que os tiros sejam de um revólver calibre 38”, contou. Ainda conforme o delegado, Luiz estava realizando fiscalizações nos estabelecimentos comerciais da região.

Motorista não chegou a tirar o cinto de segurança. Foto: Ivan Silva
Motorista não chegou a tirar o cinto de segurança. Foto: Ivan Silva

A polícia está investigando se o crime tem alguma relação com o trabalho da vítima.

Crime

Luiz seguia pela rua Raquel de Queiroz, quando recebeu sinal de parada de um veículo Fiat Pálio da cor prata que seguia atrás. Ao estacionar, os autores pararam o carro do lado e dispararam os tiros contra a vítima, que morreu na hora.

Na fuga, os bandidos quase atropelaram um idoso.

Vítima foi morta com quatro ou cinco tiros Foto Ivan Silva
Vítima foi morta com quatro ou cinco tiros Foto Ivan Silva

Comentários

comentários