Mortes por gripe sobem 41% em uma semana no MS

Subiu de 17 para 24 o número de óbitos por Influenza em Mato Grosso do Sul. As informações são do boletim da SES (Secretaria de Estado de Saúde), divulgado nesta quarta-feira (19). O aumento de 41% foi registrado em uma semana, sendo o primeiro período avaliado até o dia 12 de junho e o segundo período até o dia 19 de junho.

 

Dos sete novos casos de vítimas fatais por Influenza, três foram registrados na capital, sendo uma mulher de 57 anos, no dia 11 de junho, caso que foi divulgado apenas neste boletim, um homem de 76 anos, no dia 12 de junho e um bebê de 1 ano, no dia 18 de junho. Entre os três, apenas um apresentava comorbidades, sendo o homem de 76 anos que possuía meloma.

Um homem de 53 anos, morreu vítima da doença em Três Lagoas. O registro foi no dia 14 de junho.

Em Aquidauana, a vítima fatal foi uma mulher, com 45 anos. O registro do óbito foi no dia 12 de junho.

Outro caso ocorreu em Naviraí, com a morte de um homem de 62 anos, no dia 11 de junho. Como comorbidades, a vítima possuía leucemia.

Bonito registrou uma morte pela doença. A vítima fatal foi um homem de 59 anos, no dia 14 de junho. Como comorbidades, ele apresentava cardiopatia e diabetes.

O documento mostra que das 24 mortes ocorridas até agora, 21 foram por contaminação com o vírus H1N1, uma pelo vírus H3N2 e as outras duas por um subtipo não identificado.

Casos confirmados da doença em Mato Grosso do Sul também apresentaram aumento em uma semana, e saltaram de 84 para 117, ou seja 39%. Destes 18 são em Três Lagoas, 14 em Campo Grande e 11 em Aquidauna.

São 761 casos notificados (suspeitos) de Influenza em Mato Grosso do Sul.

Comentários