Morre aos 80 anos a atriz Yoná Magalhães

Atriz estava internada no CTI da Casa de Saúde São José, no Humaitá, por causa de problemas cardiológicos

Rio – A atriz Yoná Magalhães morreu aos 80 anos, às 10h05 desta terça-feira, na Zona Sul do Rio. Yoná deu entrada na Casa de Saúde São José, no Humaitá, no dia 18 de setembro, para se submeter a uma cirurgia para corrigir uma insuficiência cardíaca. Ela estava internada no CTI do hospital e apresentou complicações pós-operatórias, de acordo com a casa de saúde.

Yoná Magalhães morreu aos 80 anos em casa de saúde no Rio Foto: Reprodução Internet
Yoná Magalhães morreu aos 80 anos em casa de saúde no Rio
Foto: Reprodução Internet

Yoná Magalhães nasceu no dia 7 de agosto de 1935, no Lins, na Zona Norte do Rio. Ela decidiu entrar para o mundo artístico para ajudar a família após o pai perdeu o emprego. Iniciou carreira no rádio, participou de novelas e do Grande Teatro da TV Tupi.

Em 1962, saiu em turnê pelo Brasil com a peça “O Amor é Rosa Bombom e Society em Baby-Doll”, onde conheceu o produtor Luis Augusto Mendes, com quem se casou. Em 1964, estrelou o filme “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, do diretor Glauber Rocha.

Dona de uma carreira repleta de sucessos, na Globo, Yoná foi a protagonista da primeira versão de Saramandaia, interpretou Matilde em “Roque Santeiro” e Tonha em “Tieta”. Também participou das minisseries Grande Sertão: Veredas e Engraçadinha: Seus Amores e Seus Pecados.

Suas mais recentes participações na TV foram nos seriados “Tapas & Beijos” e “Carga Pesada”. A última novela de Yoná na Globo foi “Sangue Bom”, em 2013.

O DIA

Comentários

comentários