Morador de MS é preso com carga de crack avaliada em R$ 7 milhões em São Paulo

Um morador de Rio Brilhante, cidade localizada a 160 quilômetros de Campo Grande, foi preso em Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo, com 190 tabletes de crack.

Foto divulgação
Foto divulgação

O flagrante foi realizado pela TOR (Tático Ostensivo Rodoviário), da Polícia Militar paulista na noite de sexta-feira passada (1º). A carga foi avaliada em aproximadamente R$ 7 milhões.

Segundo a polícia, em patrulhamento pelo município de Santa Cruz do Rio Pardo os policiais da equipe Tática suspeitaram da carreta com placas de Maracaju e fizeram a abordagem na rodovia Engenheiro João Batista Cabral Rennó (SP-225).

Nervoso, o motorista contou aos policiais que carregava soja, e levaria a carga para o Guarujá, litoral de São Paulo. Durante as buscas no veículo, os policiais localizaram um fundo falso na cabine do caminhão e lá encontraram cerca de 190 tijolos de crack, que pesaram mais de 196 quilos.

O motorista do caminhão recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e foi levado para o plantão policial, e depois para à Cadeia Pública de São Pedro do Turvo.

Segundo os patrulheiros, a droga está avaliada em mais de R$ 7 milhões, já que o quilo do crack costuma ser vendido aos traficantes de R$ 30 mil a R$ 45 mil naquele Estado.

Após o flagrante, o motorista confessou aos policiais que receberia R$ 20 mil pela entrega da droga.

Comentários

comentários