Monitorado por tornozeleira morre em troca de tiros com a PM no Jardim Aeroporto

Após roubar uma motocicleta na Vila Nasser, Douglas Oliveira da Silva, 20 anos, que era monitorado por tornozeleira eletrônica, morreu em confronto com a polícia na noite de ontem (20), no Jardim Aeroporto em Campo Grande.

Douglas tinha várias passagens pela polícia (Foto: divulgação)

O rapaz, que tem várias passagens por roubo e furto desde a adolescência, ao ser localizado pelos policiais, fugiu a pé abrindo fogo com revólver calibre 32, mas foi baleado, socorrido à Santa Casa, no entanto, não resistiu aos ferimentos.

Segundo o delegado José Roberto de Oliveira Júnior, plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro, antes do confronto, Douglas teria sido flagrado furtando a moto na Vila Nasser durante a tarde.

Testemunhas informaram a vítima que encontrou o veículo no Jardim Aeroporto e, usando a chave reserva, conseguiu recuperá-lo. Em seguida ele acionou a Polícia Militar informando onde estaria o suspeito. “A vítima não revelou como conseguiu localizar o veículo e o suspeito”, disse o delegado.

Os policiais fecharam o cerco no local e Douglas surgiu. O rapaz subiu em uma árvore tentando se esconder, mas desceu e correu a pé. Os policiais se aproximaram e foram alvos de disparos. Ouve revide e o suspeito acabou baleado. Douglas foi levado para a Santa Casa, mas morreu enquanto recebia atendimento médico.

O delegado explicou que o caso foi registrado como tentativa de homicídio, já que Douglas tentou atingir os policiais, e também como homicídio em

Comentários