Mobilização contra o Aedes deve vistoriar quatro mil imóveis

Da Redação

Mais de 70 agentes de saúde estarão mobilizados em combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, neste fim de semana, no Bairro Nova Bahia, em Campo Grande. A expectativa é de que mais de 4 mil imóveis sejam vistoriados durante os dois dias.

Foto: Divulgação.

Conforme a Prefeitura da Capital, as ações, realizadas pela Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais (CCEV), estão sendo intensificadas desde o início de janeiro diante do aumento no número de casos de dengue, sendo previstas dentro de Plano de Contingência de combate ao mosquito.

Segundo o boletim divulgado pelo Serviço de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), de janeiro até o dia 12 de março, foram notificados 10.607 casos de dengue, sendo 2.805 confirmados e 1 óbito. Neste mesmo período, foram notificados 175 casos de zika e 96 de chikungunya.

Neste mês de março ocorreram ações semelhantes na região dos bairros Moreninhas e Centro-Oeste, com redução da presença de focos em mais de 60%.

Os bairros Jardim Noroeste, Centro-Oeste, Chácara dos Poderes, Nova Campo Grande, Los Angeles, Moreninhas, Veraneio e Maria Aparecida Pedrossian, respectivamente, apresentam a maior incidência de casos notificados de dengue.

Comentários