MIS lança documentário sobre mistérios que cercam Castelinho de Porto Murtinho

Verso da Página com Assessoria

Inspirado pelas narrativas cercadas de mistério que cercam um dos mais significativos prédios históricos de Porto Murtinho, o vídeo documentário “Castelinho, a história de Thomaz e Virgínia”, dirigido pela jornalista Vanessa Ayala, será lançado no dia 4 de maio (sexta), às 19 horas, no Museu da Imagem e do Som da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. O evento tem entrada franca.

Localizado em Porto Murtinho, município que faz fronteira com o Paraguai, o Castelinho foi construído entre 1910 e 1914. É uma das primeiras construções da cidade que fica às margens do Rio Paraguai.

O Castelinho era o único imóvel que tinha água encanada e energia elétrica na época. Através de pesquisa e entrevistas com pessoas que conviveram com Thomaz e Virgínia, Vanessa Ayala conta que o final da história foi outro. E esse final é revelado no vídeo documentário que tem duração de aproximadamente 20 minutos, narrado por moradores que viveram e conhecem a história do local.

Serviço: O documentário “Castelinho” será lançado no dia 4 de maio, às 19 horas, no Museu da Imagem e do Som, no 3º andar do Memorial da Cultura e da Cidadania, na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, Centro. A entrada é franca.

Comentários

comentários