Ministro Aldo Rebelo abre Fórum de Ciência, Tecnologia e Inovação na Capital

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Acontece nesta quinta-feira (30), em Campo Grande, a primeira reunião do Fórum de Ciência, Tecnologia e Inovação de Mato Grosso do Sul.  O evento, promovido pelo Governo do Estado, será realizado das 9h às 12h, no auditório do Crea-MS, e contará com a presença do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Aldo Rebelo e do governador Reinaldo Azambuja.

Criado

por Decreto de Lei estadual, o Fórum está vinculado à Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica e tem como objetivo articular e promover a regulamentação e a implantação de políticas governamentais para fortalecer o Sistema Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Para o superintendente de Ciência e Tecnologia do Estado, Renato Roscoe, Mato Grosso do Sul vive um cenário de planejamento e definição de prioridades estratégicas e, segundo ele, “o empreendedorismo e a inovação são insumos essenciais para o desenvolvimento sustentável”.

De acordo com o diretor-presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado (Fundect), Marcelo Turine, o Fórum é um espaço de discussão entre a academia, o setor produtivo e o governo na proposição de programas e ações estratégicas de CT&I. “É um avanço para a criação de uma Política de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação”, complementa.

Para Turine, é preciso criar mecanismos diferenciados de avaliação e monitoramento, levando em consideração os impactos sociais e econômicos dos investimentos públicos em CT&I. Outro aspecto importante, segundo ele, é inovar na forma de atrair pesquisadores para o desenvolvimento de projetos no Estado, em contraposição ao sistema nacional que privilegia artigos científicos e não inovações.

Programação – Representantes das 25 instituições que vão integrar o órgão colegiado permanente tomarão posse nesta primeira reunião. Durante a conferência serão instituídas dez  câmaras temáticas: Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), Ambientes de Inovação, Estado Digital Inteligente, Economia Criativa, Intensificação da Produção em Pastagens Degradadas, Cadeias Produtivas, Ciência e Tecnologia na Educação, Bioeconomia, Biodiversidade e Bioenergia.

Também serão discutidas ações para promover a criação e o fortalecimento dos programas de pós-graduação stricto sensu. Na ocasião, o governador assinará a autorização para a contratação de 95 projetos de pesquisa e inovação aprovados nas Chamadas Públicas Pronex (Programa Núcleos de Excelência), PPP (Programa Primeiros Projetos), Pronem (Programa Núcleos Emergentes) e Tecnova (Programa de Inovação nas Micro, Pequenas e Médias Empresas), totalizando R$10.500.000,00 em recursos da Fundect, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

No período da tarde, as 13h30, o Ministro Aldo Rebelo, fará uma visita à nova sede da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), localizada na saída para Rochedo.

Instituições – O Fórum é presidido pelo governador do Estado e tem a participação de 25 instituições: Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica;Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico;Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação;Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar;Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho;Secretaria de Estado de Saúde;Secretaria de Estado de Educação;Secretaria de Estado de Fazenda;Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect); Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul;Universidade Federal de Mato Grosso do Sul;Universidade Federal da Grande Dourados;Instituto Federal de Mato Grosso do Sul;Universidade Católica Dom Bosco;Universidade Anhanguera Uniderp;Fundação MS;Fundação Chapadão;Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul;Federação da Agricultura do Estado de Mato Grosso do Sul;Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul;Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Mato Grosso do Sul;Embrapa Pantanal;Embrapa Gado de Corte.

 

Comentários

comentários