Milionária brasileira é assassinada pelo marido em Lisboa; homem se matou em seguida

Uma brasileira foi encontrada morta, dentro de casa, no último domingo, em um dos condomínios mais luxuosos de Lisboa, em Portugal. De acordo com a Polícia Judiciária Portuguesa, a empresária Maria Estela Lacombe Larsson, de 60 anos, foi asfixiada pelo marido, o sueco Andreas Christer Larsson, de 58, que se matou em seguida. O corpo da brasileira foi encontrado por um segurança do condomínio, mais de 12 horas depois do crime. As informações são do jornal português “Correio da Manhã”.

O corpo de Maria Estela foi encontrado horas depois de a polícia achar o marido dela, que se matou Foto: Google Maps
O corpo de Maria Estela foi encontrado horas depois de a polícia achar o marido dela, que se matou Foto: Google Maps

Segundo a polícia, Andreas Larsson matou a esposa por asfixia ainda na manhã de domingo. A brasileira tinha marcas de violência física no pescoço e agressões espalhadas pelo corpo. Poucas horas depois, por volta de 12h30, o empresário sueco deixou o imóvel de carro e seguiu para o Cabo da Roca, ponto turístico de Lisboa, de onde se atirou de um penhasco. O corpo dele foi encontrado pouco tempo depois, a partir de denúncias de testemunhas que o viram cometer suicídio.

Após o resgate, o corpo de Andreas foi encaminhado à autópsia. Horas depois, às 23h50, agentes da Polícia Judiciária foram chamados até o local onde o empresário morava, o condomínio Quinta Patiño, um dos mais luxuosos da capital portuguesa. Maria Estela foi encontrada morta dentro de casa.

Crime é destaque na imprensa portuguesa, nesta terça-feira Foto: Reprodução / Correio da Manhã
Crime é destaque na imprensa portuguesa, nesta terça-feira Foto: Reprodução / Correio da Manhã

O corpo da brasileira também foi encaminhado para autópsia, para que exames ajudem na investigação sobre o crime. O Itamaraty informou que está acompanhando as investigações sobre o caso e dando o apoio necessário à família. Parentes de Maria Estela estão em Portugal para a liberação do corpo.

EXTRA

Comentários

comentários