Milan tem ‘carta na manga’ para fechar com Paquetá, diz jornal

Coluna do Flamengo

Apesar da oscilação pós-Copa do Mundo, o meia Lucas Paquetá segue sendo um dos principais atletas do futebol brasileiro e, consequentemente, os olhares de diversos clubes do exterior estão voltados para ele. Além de equipes como PSG, Barcelona e Manchester City, outra que está interessada no jovem é o Milan, da Itália. De acordo com o jornal Calcio Mercato, o clube de Milão tem, inclusive, uma estratégia para contar com o Garoto do Ninho, que envolve dois ex-jogadores: Kaká e Leonardo.

O primeiro seria para convencer o próprio Paquetá de que a equipe Rossonera é a melhor para ele seguir carreira. Isso porque, além de ser um dos brasileiros de mais sucesso recente no futebol mundial, Kaká é também um ídolo pessoal do camisa 11 rubro-negro. Leonardo, que é o diretor de futebol do Milan, seria o responsável por convencer a diretoria do Fla à venda. Para isso, o dirigente utilizaria sua boa relação e histórico no clube da Gávea para levar vantagem na corrida pela joia.

Enquanto os clubes travam batalhas nos bastidores, Lucas Paquetá segue tentando crescer dentro de campo. O meia deve voltar a campo nesta terça-feira (11), em amistoso da Seleção Brasileira, contra a seleção de El Salvador. No dia seguinte, contando com logística desenvolvida pelo Rubro-Negro, ele retorna ao Brasil e vai para o jogo entre Flamengo e Corinthians, pela primeira partida da semifinal da Copa do Brasil.

RENOVAÇÃO DE PAQUETÁ

Sabendo do assédio de gigantes europeus, o Flamengo trabalha desde o período da Copa do Mundo para estender o vínculo do atleta. A ideia da equipe é que Paquetá passe a figurar entre os principais salários do elenco e elevar a multa rescisória para £ 80 milhões – uma vez que, atualmente, é de £ 50 mi, ou seja, cerca de R$ 240 milhões.

Comentários