MG investiga a suspeita de 38 mortes por febre amarela; há 133 casos

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais divulgou na tarde desta sexta-feira (13) a informação de que as notificações de mortes de pessoas com suspeita de febre amarela subiram para 38 no Estado. Já o número de casos suspeitos subiu para 133.

Deste número de óbitos, 10 são considerados prováveis. Já entre o total de casos, 20 deles foram classificados como prováveis –os casos prováveis já tiveram exame laboratorial positivo para febre amarela, mas precisam de mais investigação para serem confirmados pela secretaria estadual.

Comentários