Médicos aceitam proposta da prefeitura e devem encerrar greve até sexta

28siromaNa noite de ontem (27), os médicos da saúde pública de Campo Grande aceitaram a contraproposta da prefeitura e devem encerrar a greve, que já dura duas semanas.

Em assembleia realizada eles aprovaram a promessa da administração municipal de retomar o pagamento das gratiicações a partir de 1º de junho com pagamento até o 5º dia útil de julho, perdão da multa diária imposta pela Justiça sem exoneração dos profissionais, pagamento normal aos médicos sem descontar os dias parados, pagamento em seis parcelas das gratificações atrasadas e o envio ao legislativo de projeto de lei, em regime de urgência, para mudar o nível de referência dos profissionais de 15 para 17, no quadro de servidores.

A greve só termina quando a prefeitura asssinar o que foi prometido aos médicos.

A greve teve início após a prefeitura cortar gratificações. O município acionou a Justiça, que considerou a greve ilegal e determinou multa de R$ 30 mil por dia em caso de descumprimento.

Mesmo assim, a greve foi mantida. Segundo os médicos, 30% dos médicos estão trabalhando.

Comentários

comentários