Médico de 40 anos é encontrado morto dentro de caminhonete

Da Redação/JN

O médico Eduardo Munhoz Hernandez, de 40 anos, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (4), dentro da caminhonete dele, em Taquarussu, a 313 km de Campo Grande. O delegado Rafael Carvalho, responsável pelas investigações, disse que não havia sinais de violência no corpo e agora a real causa da morte está sendo apurada.

Médico tinha 40 anos e era casado. – Foto: Reprodução/Facebook

“A equipe policial foi ao local e não encontrou algo que possa ser configurado crime, como uma possível esganadura, tiro, facada, nada do tipo. O corpo passará por exame necroscópico em Dourados e então vamos entender o que ocorreu de fato. A investigação, no entanto, não descartou ainda nenhuma possibilidade”, disse o delegado.

O fato ocorreu por volta das 6h30min e teria sido a esposa da vítima quem o encontrou, dentro da caminhonete dele, no quintal da casa do casal. O médico atuava tanto em Taquarussu como em Nova Andradina. A Polícia Militar e a perícia técnica foram acionadas.

A suspeitas, por enquanto, recaem sobre morte natural, ingestão de alguma substância ou até mesmo medicamentos que possam ter causado efeitos colaterais fatais. “Como não havia sinais de violência no corpo, acreditamos que ele não foi assassinado. Mas tentamos saber porque estava naquele local e como estava o relacionamento familiar”, disse.

Comentários