Médica tenta fugir, mas é executada com três tiros em posto de saúde

Local onde a médica foi executada com três tiros (Foto: Porã News)

A médica Nislaine Colman Benites, de 31 anos, foi executada com três disparos de arma de fogo na manhã desta quarta-feira (14), em Ponta Porã, município distante 325 quilômetros de Campo Grande. O crime aconteceu no posto de saúde Dr. Nery A. de Azambuja, no bairro Parque de Exposição.

De acordo com o site Porã News, o autor do assassinato seria o ex-marido da vítima, que é filha do vereador eleito pelo (PSDB) Marcos Bello Benites. Identificado como Rafael, o suposto assassino não teria aceito o término do relacionamento e passou a ameaçar Nislaine.

A vítima atendia pacientes no posto de saúde, quando viu o homem chegar no local. Ao avistar o suspeito, a médica correu para a cozinha do local, onde havia algumas enfermeiras. O homem arrombou a porta da copa e executou Nislaine com três tiros.

Agentes da polícia militar foram alertados sobre o caso e foram ao local do crime isolar a área até a chegada da perícia. O corpo da mulher foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Porã.

Informações indicam que o autor teria sequestrado a filha e  ameaçado o atual namorado da vitima. A Policia Civil  realiza buscas pelo assassino.

 

Comentários