MDB oficializa apoio a Paulo Corrêa e fica com a vice-presidência

Logo após o fim da sessão desta quarta-feira (5) na Assembleia Legislativa, os três deputados reeleitos do MDB definiram apoio ao deputado Paulo Corrêa, candidato do PSDB à sucessão de Junior Mochi (MDB) na presidência da Casa no biênio 2019-2020.

O acordo foi fechado durante reunião entre Rocha, Corrêa, Marcio Fernandes e Renato Câmara – os dois últimos do MDB – na sala do candidato a vice.

“A melhor alternativa neste momento é o Correa, porque além de ser competente tem a maior bancada e o apoio do governo”, afirmou Rocha, que diz começar ainda hoje a articulação para garantir mais votos para o colega.

“Os três mosquiteiros vão caminhar juntos, tanto na eleição da Mesa como nos trabalhos da Casa”, disse Eduardo Rocha, líder da bancada do MDB e indicado do partido para disputa da vice-presidência, em referência aos colegas reeleitos.

Corrêa garantiu que vai retribuir o apoio fazendo campanha para o emedebista, uma vez que a votação dos integrantes da mesa diretora oficialmente não é para uma chapa fechada. “Estou orgulhoso por contar com o apoio da segunda maior bancada”.

Sobre o cargo de primeiro-secretário, o segundo cargo na hierarquia, o deputado tucano disse que não há nada fechado, mas adiantou que o Zé Teixeira (DEM) já manifestou interesse em permanecer no cargo que já ocupa há quatro anos. “Estou montando o quebra-cabeça ainda”, comentou Corrêa.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui