Massa e Bottas renovam com a Williams para a temporada de 2016

Depois de ser alvo de especulações sobre uma eventual transferência para a Ferrari, o finlandês também acertou a permanência por mais uma temporada em Grove. “Estou feliz por ficar na equipe para uma quarta temporada”, afirmou Valtteri.

Felipe Massa vai ficar por mais um ano na Williams (Foto: AP)
Felipe Massa vai ficar por mais um ano na Williams (Foto: AP)

“Temos nos tornado fortes enquanto equipe e estou ansioso para o próximo ano. Acredito que podemos alcançar resultados ainda mais fortes do que vimos até aqui”, acrescentou.

“Mal posso esperar até 2016, no entanto, ainda estou totalmente focado nesta temporada, especialmente porque ainda temos muitos desafios para alcançar. Também preciso agradecer ao Frank (Williams), Claire (Williams), todo o Conselho e a todos na Williams pela confiança depositada em mim”, emendou o nórdico.

Fundador e chefe da equipe britânica, Frank Williams também exaltou a continuidade do trabalho com Massa e Bottas em 2016. “Estou muito satisfeito e feliz em confirmar que Felipe e Valtteri vão permanecer correndo pela Williams por mais um ano. Estabilidade é a chave para qualquer time na F1, de modo que manter uma das duas duplas mais fortes do grid também coloca a Williams em uma posição fantástica para continuar sua busca por melhores resultados em 2016”, afirmou o inglês.

Williams ainda reservou elogios a Massa. “Felipe é uma mistura de experiência e velocidade bruta, algo que é muito raro na F1. Felipe se destaca em um ambiente onde é valorizado e onde pode construir um relacionamento de longo prazo. Por isso, estamos satisfeitos em ver que ele se tornou um membro muito importante da família Williams”, reiterou.

Sobre Bottas, o lendário chefe da equipe inglesa falou em grande potencial. “Valtteri se tornou uma matéria-prima da Williams e estamos animados com a perspectiva de que ele tem potencial para ser um candidato ao título, especialmente porque temos o objetivo de voltar ao topo da F1”, completou.

“Felipe e Valtteri desenvolveram rapidamente uma relação de trabalho excepcional desde 2014 e são também ferozmente competitivos enquanto rivais. Eles compartilham seu trabalho com toda a parte técnica da Williams, proporcionando importantes  melhorias para equipe, além disso, os dois tem desempenhado um papel fundamental no rejuvenescimento da Williams. O sucesso desfrutado pela equipe nas duas últimas temporadas não teria sido possível sem eles. E acho que terão ainda um papel essencial nas metas que pretendemos alcançar no futuro”, encerrou.

Até o momento, a Williams soma na temporada 161pontos e está a 265 da líder Mercedes, na terceira colocação. Massa é o piloto mais bem colocado no Mundial, com o quinto posto, um à frente de Bottas.

UOL

Comentários

comentários