Marun descarta adiamento e diz que vota reforma da Previdência nesta quarta-feira

Jackson Nogueira

Começou há pouco a reunião da comissão especial da reforma da Previdência (PEC 287/16). A reunião desta terça-feira deve ser a última de discussão do relatório do deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA).

Em entrevista antes do início da reunião, o presidente do colegiado, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), descartou novo adiamento da votação do relatório da reforma da Previdência prevista para começar amanhã (quarta-feira, 3): “Não vejo necessidade disso”. Ele afirmou que as discussões serão encerradas hoje, conforme o combinado com os membros, e acredita que a votação poderá ser encerrada amanhã.

Questionado sobre a possibilidade de mudanças no relatório, Marun disse que não sabe se isso vai acontecer, pois as alterações dependem do relator, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), mas afirmou: “Nós vamos ganhar de qualquer jeito”.

Atrasos

Para o deputado Ivan Valente (Psol-SP), o governo sabe que ainda não tem os votos para ganhar no Plenário da Câmara. Portanto, ele acredita que é possível que a votação na comissão atrase para evitar que o texto fique parado no Plenário.

O deputado Aelton Freitas (MG) assumiu uma das vagas do PR na comissão.

Comentários