Com vagas EM, Marinha do Brasil anuncia Concurso Público para Comando de Fuzileiros Navais

O Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais – CPesFN, da Marinha do Brasil, divulgou recentemente o Concurso Público destinado à admissão de 960 profissionais para o Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais.

Foto: Divulgação.

Para que possam participar do certame, é necessário que os interessados sejam do sexo masculino, tenham 18 anos completos e menos de 22 anos, altura mínima de 1,54 e máxima de 2 metros; Ensino Médio completo e outros requisitos especificados no edital.

Após o curso de formação ser concluído com aproveitamento, o Aprendiz-Fuzileiro Naval será nomeado a Soldado Fuzileiro Naval (SD-FN) e cumprirá Estágio Inicial de 12 meses e então, só assim, passará a atuar na carreira naval do Serviço Ativo da Marinha.

Este edital visa o atendimento das vagas abaixo discriminadas, distribuídas de acordo com os seguintes locais de realização do Estágio Inicial:

1º Batalhão de Operações Ribeirinhas – Manaus – AM (81);
2º Batalhão de Operações Ribeirinhas – Belém – PA (37);
3º Batalhão de Operações Ribeirinhas – Ladário – MS (33);
Batalhão de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (BtlDefNBQR) – Aramar (14);
Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal – RN (53);
Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande – RS (50);
Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador – BA (44);
Unidades da MB em Brasília – DF (79);
Unidades da MB no Rio de Janeiro (569).

Interessados poderão se inscrever a partir das 8h do dia 19 de fevereiro de 2020 até o dia 20 de março de 2020 (horário de Brasília – DF), exclusivamente via internet, no endereço eletrônico www.marinha.mil.br. Também haverá postos de inscrição nas localidades de Marataízes – ES e Rio Novo – MG, de 17 a 19 de março de 2020. O valor da taxa a ser paga é de R$ 25,00.

Vale ressaltar que haverá isenção do valor da taxa de inscrição para os candidatos que pertençam à família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do Governo Federal, cuja renda familiar mensal per capita seja inferior ou igual a meio salário-mínimo nacional; bem como para os candidatos doadores de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

Para selecionar os candidatos, será realizado Exame de Escolaridade, de caráter eliminatório e classificatório; Verificação de Dados Biográficos; Inspeção de Saúde; Avaliação Psicológica; Teste de Aptidão Física de Ingresso; Verificação de Documentos; e Procedimento de Heteroidentificação (PH) complementar à autodeclaração para os candidatos negros autodeclarados pretos ou pardos, todas as etapas terão caráter eliminatório.

Comentários