Marido grava nome de esposa em porrete usado para a agredir

Trancada dentro de casa, sem poder sair sem ter a autorização do marido, de 19 anos, uma jovem, de 21 anos, era agredida constantemente pelo companheiro. O caso ocorreu em Três Lagoas e um porrete, usado para espancá-la foi apreendido. O objeto usado pelo agressor foi gravado o nome da vítima.

De acordo com o site Rádio Caçula, ontem (15) ela estava com amigas em uma praça, quando foi abordada pelo marido que exigiu que o acompanhasse até a residência do casal, antes, a xingou com palavras de baixo calão.

Durante as agressões, o autor mostrou a mulher o porrete onde tinha seu nome gravado e que se ela saísse de casa ele a ‘arrebentaria’.

A polícia foi acionada, e ao chegar ao imóvel a jovem informou que o porrete ficava guardado e que o marido dizia a ela que o nome gravado na madeira era para lembrar o quanto ele a amava.

Ainda conforme o site, na delegacia ela disse que não tinha autorização para sair de casa sem a companhia do marido e era ameaçada e agredida constantemente.

O autor foi autuado em flagrante e vai responder por ameaça e vias de fato.

Comentários