Ministérios são evacuados por confrontos; fogo é controlado no prédio da Agricultura

Da Redação/JN

Durante protestos contra o presidente Michel Temer e as reformas trabalhista e da Previdência, manifestantes atearam fogo na área interna do Ministério da Agricultura. De acordo com informações do G1, o ministério da Fazenda foi evacuado pela polícia e outros prédios estão em fase de evacuação.

Os ministérios do Turismo, da Fazenda, do Planejamento, de Minas e Energia; a Catedral Metropolitana e o Museu da República foram depredados pelos protestantes.

De acordo com a Secretaria de Segurança do Distrito Federal, 35 mil manifestantes estão ocupando a Esplanada dos Ministérios.

Quatro pessoas foram detidas e encaminhadas ao Departamento de Polícia Especializada (DPE), três delas portando arma branca e entorpecentes.

A confusão começou quando manifestantes que estavam próximos à Alameda dos Estados, em frente ao gramado do Congresso Nacional, derrubaram grades que isolavam o local. A polícia então respondeu lançando bombas de efeito moral e gás de pimenta no grupo. Em seguida, os participantes do protesto passaram a lançar pedaços de madeira, pedras, garrafas e outros objetos contra a polícia. Eles também gritaram palavras de ordem contra a PM.


O clima no local ficou bastante tenso. O Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque) e a cavalaria da PM agiram. Há registro de confrontos em ao menos três cordões de isolamento formados pela polícia. Os manifestantes derrubaram alguns banheiros químicos e se protegeram atrás deles.

Comentários