Maldição: Flamengo é eliminado diante de quase 70 mil flamenguistas no Maracanã

Nos pênaltis, Diego, Vitinho e Everton Ribeiro perdem pelo Flamengo

Com uma atuação empolgante no segundo tempo e participação decisiva de Santos nos pênaltis, o Athletico-PR tirou o Flamengo da Copa do Brasil e calou quase 70 mil flamenguistas. Após 1 a 1 no tempo normal, goleiro garante vaga ao pegar cobranças de Diego e Everton Ribeiro. Vitinho também desperdiçou pelo time carioca. O Furacão perdeu apenas uma, com Bruno Nazário, mas venceu a disputa por 3 a 1.

Flamengo decepciona torcida em casa (Foto: Globo Esporte)

Os gols saíram no segundo tempo. O Flamengo abriu em bela jogada de Vitinho, que cruzou, e Gabigol marcou. Num contra-ataque muito veloz, Bruno Nazário encontrou Rony, que deu números finais ao placar no tempo normal.

Os donos da casa foram superiores na maior parte do tempo da partida, mas na reta final do jogo o Furacão cresceu e esteve perto de virar o jogo.

Flamengo foi melhor no primeiro tempo. Finalizou mais (4 a 1) e teve três chances reais, entre elas uma bola na trave de Lincoln, contra apenas uma do Athletico-PR. A saída de Arrascaeta aos 13 minutos, porém, fez a equipe cair na sequência. Os donos da casa também foram dominantes na posse de bola, com 63%, mas não conseguiram manter o ritmo após o gringo deixar o jogo com dores no músculo posterior da coxa direita.

Os cariocas voltaram melhores do intervalo e, com Berrío no lugar de Lincoln a partir dos 13 minutos, mantiveram a postura ofensiva. Aos 16, saiu o primeiro. Vitinho fez ótima jogada. Balançou na frente de Jonathan, o driblou e cruzou. Everton Ribeiro ajeitou de cabeça, e Gabigol marcou com um toque de primeira.

Quando o Flamengo seguia em busca do segundo gol, aos 31 minutos um erro no campo ofensivo não foi perdoado pelo Furacão, que conseguiu ótimo contra-ataque. Bruno Nazário achou Rony, que disparou e deixou tudo igual no Maraca com um chute rasteiro.

Depois do gol, o Athletico teve mais a bola e passou a atacar. Por pouco não virou com Rony em chute de fora da área. O Flamengo já não tinha o mesmo ímpeto e nem criatividade. Ninguém marcou, e o jogo foi para os pênaltis.

Comentários