Mais uma pessoa é executada a tiros em Ponta Porã

Mais uma vez a manhã se tornou sangrenta em Ponta Porã. Por volta das 9h dessa sexta-feira, (7), outro assassinato vitimou Marlon Martins, de 38 anos, mais conhecido como Magrão.

De acordo com informações, a vítima estava em sua casa localizada na Rua Areia Branca quando homens chegaram pedindo para falar com Marlon que ao sair para atendê-los foi executado a tiros.

Homem foi morto a tiros no bairro Alto da Glória, em Ponta Porã

Ele era de Santa Catarina e morava em Ponta Porã para a mulher estudar medicina no Paraguai.

É o terceiro assassinato em dois dias na cidade vizinha de Pedro Juan Caballero, no lado paraguaio.

As duas cidades são marcadas por uma disputa sangrenta entre grupos criminosos que tentam controlar o tráfico de drogas e armas na Linha Internacional.

Na quarta-feira, o comerciante Wanderley Almeida e o tatuador paraguaio Nicanor Garay Ovelar foram mortos por pistoleiros no intervalo de seis horas em Ponta Porã.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui