Mais uma pessoa é executada a tiros em Ponta Porã

Mais uma vez a manhã se tornou sangrenta em Ponta Porã. Por volta das 9h dessa sexta-feira, (7), outro assassinato vitimou Marlon Martins, de 38 anos, mais conhecido como Magrão.

De acordo com informações, a vítima estava em sua casa localizada na Rua Areia Branca quando homens chegaram pedindo para falar com Marlon que ao sair para atendê-los foi executado a tiros.

Homem foi morto a tiros no bairro Alto da Glória, em Ponta Porã

Ele era de Santa Catarina e morava em Ponta Porã para a mulher estudar medicina no Paraguai.

É o terceiro assassinato em dois dias na cidade vizinha de Pedro Juan Caballero, no lado paraguaio.

As duas cidades são marcadas por uma disputa sangrenta entre grupos criminosos que tentam controlar o tráfico de drogas e armas na Linha Internacional.

Na quarta-feira, o comerciante Wanderley Almeida e o tatuador paraguaio Nicanor Garay Ovelar foram mortos por pistoleiros no intervalo de seis horas em Ponta Porã.

Comentários