Mais de duas toneladas de maconha são apreendidas em Brasilândia

Dois homens, do interior do Paraná, foram presos em flagrante na noite deste sábado (17) enquanto transportavam cerca de 2,6 toneladas de maconha em um caminhão em Brasilândia que abasteceriam o tráfico de drogas em São Paulo (SP).

Divulgação – Polícia Civil

Segundo a polícia, agentes da DOF (Departamento de Operações da Fronteira) faziam uma operação na BR-158, próximo da saída para São Paulo, quando suspeitaram de um casal que estava em um Fox branco.

Os policiais descobriram que a documentação do veículo e do motorista, um dos detidos, estava adulterada e, durante sua prisão, o caminhão onde a droga estava tentou fugir do bloqueio montado por uma estrada de terra.

O caminhoneiro já desceu do veículo confessando o crime e entregando o comparsa como o batedor da carga de maconha. Em seu depoimento, disse que receberia R$ 10 mil para levar a droga de Coronel Sapucaia (a 400 km de Campo Grande) até a capital paulista.

O comparsa revelou que usou carteira de motorista falsa por não ter habilitação e que chamou a mulher que o acompanhava para a viagem para não levantar suspeitas. Ele foi contratado em Amambaí (a 360km de Campo Grande) e receberia R$ 5 mil pelo trabalho.

Caminhoneiro e motorista não conversavam entre si. A comunicação era feita via rádio transmissor e celular com a quadrilha responsável pelo tráfico de drogas. Ao todo, cerca de 2.400 tijolos de maconha foram apreendidos. Os dois acusados foram indiciados na delegacia de Brasilândia.

Comentários