Mais de 260 policiais militares entram em atividade na região de fronteira

Solenidade realizada no 4º Batalhão de Polícia Militar de Ponta Porã contou com a presença do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf. (Foto Divulgação)
Solenidade realizada no 4º Batalhão de Polícia Militar de Ponta Porã contou com a presença do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf. (Foto Divulgação)

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul entregou a população nesta quarta-feira (3), mais 260 soldados da Polícia Militar que irão trabalhar na área de fronteira, nos municípios de Dourados, Ponta Porã e região.Com a presença do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf Pela, foi realizada pela manhã no 4º Batalhão de Polícia Militar de Ponta Porã, a solenidade de formatura de 130 soldados, que fizeram o curso no local e serão lotados naquele município.

No início da tarde foram formados mais 131 soldados pelo 3º Batalhão da PM de Dourados. Esses novos policiais atuarão também em Caarapó, Itaporã, Douradina e distritos de Itahum, Vila Vargas, Vila Formosa e Pamambi. A solenidade também foi presidida pelo secretário Sílvio Maluf.

Os 260 novos soldados de Dourados e Ponta Porã, integram o grupo de mais de 830 novos homens e mulheres que reforçam o efetivo da Polícia Militar e serão entregues pelo Governo do Estado à população sul-mato-grossense neste primeiro semestre, reafirmando o compromisso feito pelo governador Reinaldo Azambuja, com a população.

Mais policiais – Outros 256 soldados da Polícia Militar já foram formados pelo Governo do Estado. Sendo 64 em Paranaíba e 66 em Três Lagoas, onde as solenidades de formatura aconteceram na última sexta-feira(28). Também foram formados 126 soldados em Campo Grande, no dia 25.

O Governo do Estado irá convocar para os cursos de formação os 126 aprovados em todas as fases do concurso para soldado da Polícia Militar e 178 investigadores e peritos papiloscopistas remanescentes do Concurso de Provas e Títulos da Polícia Civil

Comentários

comentários