Madeireira é autuada em R$ 7 mil por carga de madeira ilegal

Da Redação

Uma madeireira de Paranaíba foi autuada administrativamente e multada R$ 6.900,00 pela Polícia Militar Ambiental na tarde de sábado (28). Policiais de Aparecida do Taboado deslocaram-se ao município vizinho ao serem acionados pela PRF (Polícia Rodoviária Federal (PRF)), que reteve um caminhão carregado de madeira serrada, com suspeita de que estaria sendo transportada ilegalmente.

Divulgação/PMA.

No local, a PMA e a PRF verificaram que o veículo, que seria descarregado em uma madeireira de Paranaíba, transportava 23 m³ de madeira serrada e o Documento de Origem Florestal (GF) constava apenas 15,67, havendo excesso de 7,33 m³, o que se caracteriza como crime e infração ambiental.

O veículo e a madeira foram apreendidos e encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Paranaíba e os responsáveis responderão por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção. A empresa foi autuada administrativamente e multada R$ 6.900,00 pela PMA.

Comentários