Luciano brilha, Corinthians vence Avaí e ‘conquista’ primeiro turno

Equipe de Tite foi dominada na maior parte do tempo, mas atacante marcou nos minutos finais dos dois tempos e garantiu virada em Florianópolis. Liderança garantida!

Em 2015, o Corinthians conseguiu jogar um futebol de nível europeu e não transformar o show em títulos do Paulistão e da Libertadores. No Brasileirão, passou bem por equipes como Internacional, Flamengo, Atlético-MG e Atlético-PR, mas jogou mal e se complicou contra equipes mais fáceis. Neste domingo, saiu no lucro com uma vitória por 2 a 1 com o Avaí, que briga contra o rebaixamento, na Ressacada.

Foto Lancepress!
Foto Lancepress!

Mais uma vez, brilhou a estrela de Luciano, que fez dois gols, assim como na vitória por 4 a 3 sobre o Sport, na última quarta. Já são cinco gols nos últimos três jogos. Com o resultado, o Timão garantiu o “título” do primeiro turno, com 40 pontos, e levou o troféu “Osmarzão”, dado pelo LANCE! à melhor equipe das 19 primeiras rodadas.

Logo aos 14 minutos, a equipe da casa abriu o placar em bola parada. Nino Paraíba cobrou falta lateral, a defesa corintiana errou o posicionamento e Felipe não conseguiu evitar que André Lima subisse para desviar de cabeça e abrir o placar. Pouco depois, o artilheiro saiu lesionado.

Sem Uendel e Renato Augusto, o Timão teve Guilherme Arana e Rodriguinho e foi dominado na maior parte das ações. Ainda no primeiro tempo, Romulo e Camacho soltaram bombas que obrigaram Cássio a fazer boas defesas. Dava a impressão que a equipe de Tite teria de contar com o individualismo para se dar bem. E foi o que aconteceu. Na primeira chance, aos 40, Luciano recebeu de Jadson e bateu cruzado para fora. Na segunda, aproveitou rebote na área e, sem deixar a bola cair, fez um golaço ao acertar o ângulo: 1 a 1.

Com menos de 2 minutos do segundo tempo, Malcom e Luciano perderam mais duas chances claras na área do Avaí. Diego salvou uma delas com boa saída. Foi quase o último trabalho do goleiro catarinense na partida. Depois, só Cássio sofreu…

Em um escanteio, a bola foi desviada e sobrou para o zagueiro Jeci, na pequena área, perder gol incrível e chutar por cima. Minutos depois, o mesmo Jeci apareceu em jogada quase idêntica e marcou. De forma incorreta, o assistente marcou impedimento, uma vez que o jogador estava na mesma linha da zaga corintiana.

Aos 41 minutos, Luciano recebeu de fora da área, ajeitou para a esquerda e bateu colocado, no ângulo, para virar. Não houve chances para o goleiro do Avaí. O futebol não tem justiça. Tem eficiência. E competência, que Cássio também mostrou do outro lado, ao fazer três defesas milagrosas nos acréscimos. Corinthians mais líder e mais forte na briga pelo título.

FICHA TÉCNICA AVAÍ 1 X 2 CORINTHIANS

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Márcio Eustáquio Sousa Santiago (MG) e Nadine Scharamm Camara Bastos (SC)
Cartões amarelos: Guilherme Arana (COR)
Publico e renda: Não divulgados
Gols: André Lima, 14’1ºT (1-0); Luciano, 47’1ºT (1-1) e 41’2ºT (1-2)

AVAÍ: Diego; Nino Paraíba, Jéci, Antônio Carlos e Romario; Adriano (Eduardo Neto), Tinga, Pablo e Camacho; Romulo (Conrado) e André Lima (Hugo). Técnico: Gilson Kleina

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Bruno Henrique, Elias, Rodriguinho (Danilo) e Jadson (Edilson); Malcom (Rildo) e Luciano. Técnico: Tite

LANCEPRESS!

Comentários

comentários