Longen faz em Corumbá 4ª reunião do Encontro de Lideranças do Sesi, Senai e IEL

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Para aprimorar os serviços técnicos e tecnológicos oferecidos às indústrias de Mato Grosso do Sul, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, realizou, ontem (18), em Corumbá, a 4ª reunião do Projeto Encontro de Lideranças do Sesi, Senai e IEL. Criada no ano passado para receber sugestões dos colaboradores, a iniciativa teve a 1ª reunião em Campo Grande no dia 30 de julho, a 2ª em Três Lagoas no dia 4 de setembro e a 3ª em Dourados no dia 15 de outubro.

Segundo Sérgio Longen, a intenção dos encontros é construir uma estratégia de trabalho para todo o Sistema Fiems, que será lançado no mês de abril. “O nosso plano de ação engloba todos os serviços técnicos e tecnológicos do Sesi, Senai e IEL a serem executados até o fim deste ano. O nosso trabalho já é reconhecido pela sociedade corumbaense e nós vamos ampliar as nossas ações no município para este ano”, declarou.

Ele completa que espera continuar contando com a parceria do prefeito Paulo Duarte, além de participação do Banco do Brasil, por meio do superintendente Evaldo Emiliano de Souza, e do presidente da Faems, Alfredo Zamlutti. Na avaliação do diretor da Fiems e presidente do Sindiecol (Sindicato das Indústrias Extrativas de Corumbá), Edemir Chaim Asseff, a reunião serviu para contribuir com a elaboração das estratégias de atuação do Sesi e Senai em Corumbá a partir de agora.

“Uma das bandeiras do Sistema Fiems, por meio do Sesi, será focar na prestação de serviços que possam sanar os problemas de acidentes de trabalho nas empresas. Essa ação resultará em redução de custos para os empresários e mais segurança para os trabalhadores”, analisou Edemir Asseff. Para o superintendente do Sesi, Bergson Amarilla, o encontro permite estabelecer o alinhamento de ações. “Temos que caminhar para o desenvolvimento de competências, de acordo com as necessidades do mercado, atuando no desenvolvimento da equipe técnica, com sustentabilidade, alta performance, voltados para a inovação e integração”, reforçou.

Na avaliação do diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, a reunião serviu para ouvir a equipe técnica e operacional, contribuindo com propostas que ajudam a levar as entidades para uma transformação voltada para a tecnologia a inovação. “O Senai está construindo uma base de atendimento e assessoria com foco na gestão e na competitividade com redução de custos”, ressaltou.

Para o engenheiro mecânico do Senai de Corumbá, Zoé Túlio Paixão, a reunião teve uma importância muito grande. “Sesi e Senai são instituições de alto valor para o mercado e o nosso presidente mostrou os novos posicionamentos do Sistema Fiems, que, sem dúvida, vão permitir que o nosso trabalho possa ficar melhor ainda para o atendimento às indústrias da região”, analisou.

Fiems

Comentários

comentários