Líder até de baixo d’água! Na chuva, Verdão vence e manda o Inter pra degola

O Palmeiras segue absoluto na liderança do Campeonato Brasileiro.

ESPN
ESPN

Neste domingo, o time alviverde recebeu o Internacional no Allianz Parque e arrancou uma suada vitória por 1 a 0, em partida válida pela 34ª rodada do torneio.

O único gol da partida foi marcado pelo meia Cleiton Xavier, curiosamente ex-Colorado.

Aos 16 do primeiro tempo, após jogada de escanteio, ele aproveitou sobre na área e, sozinho, tocou na saída de Danilo Fernandes, anotando seu 21º gol em 140 partidas pelo Palmeiras.

Com dificuldades para matar o jogo, o time alviverde ainda teve uma grande chance de ver Gabriel Jesus acabar com seu jejum de gols aos 41 do segundo tempo. No entanto, o goleiro Danilo Fernandes resvalou na bola e viu o chute explodir na trave.

Placar excelente para os comandados de Cuca, que vão a 70 pontos e abrem seis pontos de vantagem na liderança. O primeiro perseguidor é o Santos, que bateu e Ponte Preta na manhã deste domingo e chegou aos 64 pontos, faltando quatro rodadas para o fim do torneio.

Com isso, os palestrinos podem garantir a taça com apenas mais duas vitórias.

Vale lembrar que o time paulista é um dos melhores mandantes do Brasileirão: foram 12 vitórias (incluindo a de hoje) em 17 partidas realizadas no Allianz Parque, além de quatro empates e só uma derrota.

Para o Inter, o placar foi tétrico. Com o 16º revés na competição, a equipe comandada por Celso Roth caiu para o 18º lugar e entrou na zona da degola, graças também ao triunfo por 3 a 2 do Vitória sobre o Atlético-PR, em partida também neste domingo.

Na próxima rodada, o Palmeiras tem desafio decisivo na busca pela taça que não vem há duas décadas. Na quinta-feira, o clube visita o Atlético-MG, às 20h (de MS).

No mesmo dia e horário, o Inter enfrenta a Ponte Preta para tentar escapar da queda.

PORCO SABE NADAR SIM!

Foi debaixo de chuva que Palmeiras e Internacional deram o pontapé inicial. Os alviverdes, que tinham a pretensão de segurar a bola no meio-campo, foram obrigados a mudar de estratégia devido às condições climáticas. Nos minutos iniciais, tudo se resumiu a tentativas de encontrar Gabriel Jesus. O atacante brigou a todo instante com a zaga, mas foi pouco efetivo.

O Colorado tentou se beneficiar da desorganização do Palmeiras e buscou jogadas de ataque pelas laterais, mas a ausência do lesionado Vitinho foi sentida pelos gaúchos. A situação só melhorou para o Verdão aos 16 minutos. Após escanteio cobrado por Dudu, Thiago Santos desviou a bola para o centro da área e Cleiton Xavier só teve o trabalho de concluir para o gol.

Acomodado com a vantagem, o Palmeiras não precisou se esforçar muito para conter o Inter. A única chance de perigo que os gaúchos criaram foi uma falta batida por Alex à direita do gol de Jailson, aos 30 minutos. Mas a tranquilidade defensiva não foi sinônimo de pressão no campo de ataque.

O Palmeiras sofreu com as atuações apagadas de Dudu e Róger Guedes, que sentiu um problema físico e foi substituído por Alecsandro no intervalo. A equipe só voltou a levantar os torcedores nos acréscimos da etapa inicial, após Danilo Fernandes defender uma cabeçada no ângulo de Vitor Hugo.

No segundo tempo, a primeira chance de perigo foi do Inter. Anderson foi acionado em contra-ataque, aos oito minutos, e perdeu grande chance ao finalizar para fora. Ele foi atrapalhado por Thiago Santos na entrada da área e não conseguiu acertar o chute.

Nos minutos seguintes, a entrega dos defensores foram os únicos motivos para a torcida do Palmeiras comemorar. O time teve uma atuação fraca no campo ofensivo e pouco produziu para ameaçar Danilo Fernandes. Uma boa chance surgiu só aos 24 minutos, após Fabiano mandar um chute cruzado para fora.

O Inter, aos 35 minutos, assustou com uma finalização de Diego que passou próxima ao ângulo de Jailson. Já o Palmeiras ficou perto do segundo gol, mas um chute de Gabriel Jesus, aos 41, carimbou a trave de Danilo Fernandes. Com a chance perdida, o camisa 33 chegou ao oitavo jogo sem balançar as redes.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 x 0 INTERNACIONAL

Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Data: 6 de novembro de 2016, domingo
Horário: 17h (horário de Brasília)
Público: 31.967 pagantes
Renda: R$ 2.112.466,12
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (ambos PE)

GOL
PALMEIRAS: Cleiton Xavier, aos 16 minutos do primeiro tempo

PALMEIRAS: Jailson; Jean, Yerry Mina, Vítor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos (Gabriel), Tchê Tchê e Cleiton Xavier (Fabiano); Róger Guedes (Alecsandro), Dudu e Gabriel Jesus Técnico: Cuca

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Ceará (Eduardo Sasha), Paulão, Ernando e Geferson; Anselmo, Rodrigo Dourado, William, Anderson e Alex (Valdivia); Aylon (Diogo Gonçalves) Técnico: Celso Roth

Comentários

comentários