Libertadores começa nesta segunda-feira com três partidas

Foto: Divulgação/Conmebol

A Copa Libertadores da América começa a ser disputada nesta segunda-feira em uma nova etapa de sua história. Em 2017, a competição ganhou mais clubes – 42 no total -, duração até o fim do ano e outras mudanças importantes. Por enquanto, os brasileiros classificados (Palmeiras, Santos, Flamengo, Atlético-MG, Grêmio, Atlético-PR, Botafogo e Chapecoense) apenas vão observar o confronto entre seis times que disputam a etapa inicial do torneio.

Para o Deportivo Municipal, do Peru, a Libertadores representa um momento muito especial. A equipe somava 35 anos ausente do torneio e agora iniciará em casa o confronto contra o Independiente del Valle, do Equador, atual vice-campeão continental. “Não tenho dúvida que eles são os favoritos. Vamos com humildade buscar um bom resultado”, ponderou o técnico do time peruano.

Ao público brasileiro, haverá uma presença conhecida no confronto entre Deportivo Capiatá, do Paraguai, e Deportivo Táchira, da Venezuela. Diego Gavillán – ex-Internacional, Grêmio, Flamengo e Portuguesa – estará no comando da equipe paraguaia. “Estamos ansiosos para jogar a Libertadores”, avisou.

O Deportivo Táchira, em sua 19ª participação, carrega o desafio de buscar seu melhor desempenho na história. Em 1989, 1991 e 2016, o clube venezuelano – considerado o mais tradicional de seu país na Libertadores – conseguiu ficar entre os 16 melhores da América do Sul.

A abertura oficial da Libertadores será às 20 horas, de Brasília, no confronto entre Universitario de Sucre, da Bolívia, e Montevideo Wanderers, do Uruguai. A altitude boliviana de quase 3 mil metros será o grande obstáculo dos visitantes. Ainda por cima, os uruguaios somam um retrospecto negativo fora de casa em eventos internacionais – foram apenas quatro vitórias em 25 jogos.

Embora com todas as dificuldades apresentadas e o surpreendente desfalque do goleiro Fabián Carini, que deixou o elenco alegando problemas físicos, o Montevideo Wanderers garante que irá enfrentar o rival sem receios. O técnico Jorge Giordano garante ter experiência com o problema da altitude. “Isso não pode ser uma desculpa”, avisou.

Confira os jogos desta segunda-feira:

20h00 Universitario Sucre x Wanderers
20h15 Deportivo Capiatá x Deportivo Táchira
22h15 Deportivo Municipal x Independiente del Valle

Comentários