Lesão pode tirar Kovacic dos gramados por até dois meses

Gazeta Esportiva.com

O lance aconteceu ainda no primeiro tempo e Kovacic foi substituído por Kross (Foto: PIERRE-PHILIPPE MARCOU/AFP)

A vitória por 3 a 0 sobre o Apoel na estreia da Liga dos Campeões trouxe uma baixa inesperada para o treinador do Real Madrid, Zinédine Zidane. O meio-campista Mateo Kovacic, que saiu machucado ainda no primeiro tempo, teve lesão no joelho constatada e deve ser desfalque do time espanhol por cerca de dois meses, segundo afirma a imprensa espanhola.

Aos 19 minutos, o volante acabou se machucando sozinho e teve de ser substituído por Toni Kross. Na manhã desta quinta-feira, os exames detectaram uma ruptura parcial do músculo adutor da perna direita. Assim que foi substituído, as lágrimas já indicavam que se tratava de algo mais sério. Por não ter havido uma ruptura total, o atleta não deve ser submetido a um procedimento cirúrgico, o que deve diminuir o tempo longe dos gramados.

Durante a entrevista coletiva pós-jogo, Zidane confirmou que Kovacic já vinha com um incômodo no local da contusão, mas nada que o impedisse de realizar as atividades normalmente.

Enquanto se recupera da lesão, Kovacic deve perder os confrontos contra Borussia Dortmund e Tottenham, pela Liga dos Campeões. A expectativa é contar com o camisa 23 no clássico diante do Atlético de Madrid, pela 12° rodada do Campeonato Espanhol.

Comentários