LDO 2017 é aprovada pela Câmara Municipal com alta de 3,16% para orçamento da Capital

Camara22A LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de Campo Grande para 2017 foi aprovada em seu texto final pela Câmara Municipal nesta quinta-feira (30). Sem sobressaltos, não houve nenhum novidade com relação a já deliberação positiva ocorrida na última sessão ordinária na terça-feira (28). Hoje, em segunda discussão, o projeto foi encerrado com aprovação unanime pelos vereadores prevendo um crescimento estimado de 3,16% a peça orçamentária com a distribuição de recursos propriamente, que virá a posterior analise dos parlamentares.

A LDO 2017 prevê o crescimento chegando a recursos de quase R$ 3,6 bilhões ante ao aumento referido em relação ao exercício anterior,  aplicado neste ano. O reajuste não constava na peça encaminhada pelo Executivo, tendo sido acrescido entre as 87 emendas que os vereadores acrescentaram na LDO. A matéria agora, segue para sansão do prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP).

O relatório foi lido na sessão de terça-feira (28), pelo relator da proposta, vereador Mario Cesar (PMDB). O texto recebeu 147 emendas, sendo 110 apresentadas pelos parlamentares e 37 em nome da Casa de Leis.

Por conterem o mesmo tema, as 147 emendas foram condensadas em 87 no total. “Dessas 87 emendas condensadas, nove estavam prejudicadas por não estarem de acordo com a legislação vigente e foram retiradas. Dessa forma o relatório final passou a contemplar 78 emendas”, informou Mario Cesar.

A proposta foi protocolada pelo Poder Executivo na Casa de Leis no último dia 15 de abril e no último dia 12 de maio, os parlamentares realizaram Audiência Pública para debater o projeto da LDO 2017 junto com a população e a sociedade civil organizada.

Comentários

comentários