Largando em quarto, Hamilton afirma: “vai ser difícil vencer Kimi e Vettel”

Gazeta Esportiva.com

Hamilton é vice colocado na temporada (Foto: Johannes Eisele/AFP)

O britânico Lewis Hamilton não parece nada feliz com o quarto lugar conquistado, neste sábado, para o grid de largada do Grande Prêmio da China de Fórmula 1. Além de não conseguir a marca que esperava no treino classificatório, o piloto da Mercedes vê sua boa performance colocada à prova, devido ao desempenho positivo apresentado pela Ferrari. Com a dobradinha da escuderia italiana à frente, o tetracampeão teme o resultado da corrida deste domingo: “será difícil ultrapassar Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel”, declarou.

“A Ferrari definitivamente melhorou no fim de semana – talvez eles não tenham mostrado seu verdadeiro ritmo na sexta-feira – mas no sábado eles foram rápidos”, destacou Hamilton. Isso porque o britânico dominou o primeiro dia no Circuito Internacional de Xangai e agora, entretanto, sente a ameaça rival se aproximando. “Kimi e Vettel são os mais rápidos nas retas também, então, as ultrapassagens serão difíceis”, lamentou.

O segundo colocado da temporada, 17 pontos atrás do alemão Vettel, ainda destacou que buscará concentração para ter o resultado esperado no terceiro GP do ano. “Vou ter que lutar para igualar o ritmo deles. Começamos o fim de semana bem, mas o carro fugiu do nosso controle e não encontramos o ritmo”, justificou Hamilton.

Ao longo de sua carreira, Lewis venceu apenas duas provas largando da quarta posição. A primeira delas foi no GP da Alemanha, em 2008, e a segundo na Hungria, no ano seguinte. “Começamos em quarto e vamos lutar a partir daí”, finalizou.

Comentários

comentários