Ladrões explodem caixa eletrônico e trocam tiros com policiais no RS

Criminosos assaltaram a agência da Caixa Econômica Federal em Nova Hartz, a cerca de 80 quilômetros de Porto Alegre, na madrugada deste domingo (22). Conforme relatos de moradores, um grupo com cerca de 20 assaltantes explodiram três terminais de autoatendimento do local com o uso de dinamite.

Agência bancária ficou destruída após assalto (Foto: Joel Hartz/Arquivo Pessoal)

Dois policiais militares estavam de plantão no momento do crime. A dupla se revezava no patrulhamento entre as cidades de Nova Hartz e Araricá. Um quarto caixa eletrônico não explodiu. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Brigada Militar foi acionado para retirar o artefato explosivo do local.

O ataque ocorreu por volta das 3h30. Ao chegar, os criminosos mostraram poder de fogo realizando diversos disparos para o alto. Na fuga, houve troca de tiros com a polícia. Ninguém ficou ferido na ação.

“Dava para ouvir os assaltantes falando. Foram bem ousados. Chamavam a polícia. Diziam ‘pode vir, vem, aparece'”, conta o morador Ivan Leandro da Silva, que mora em frente à agência, na Rua Jacob Pilger.

“Eles deram muitos tiros para o alto. Eram, pelo menos, 16 assaltantes. Estavam muito bem armados. Ouvi mais de 50 tiros. Eram rajadas de metralhadora”, completa o morador, que foi até a agência para conferir o estrago deixado na agência.

De acordo com a Brigada Militar, três caixas eletrônicos foram arrombados com dinamite. O cofre da agência não foi acessado. “Eles saíram contentes. Comentaram ‘tá bom, chega, vamos embora'”, relata Ivan. Os criminosos fugiram em quatro carros. Nenhum suspeito foi identificado ou preso até o momento.

Por se tratar de uma instituição federal, o crime será investigado pela Polícia Federal. Na manhã deste domingo, peritos e agentes da PF já estavam na cidade para iniciar a investigação.

 

Comentários