Khachanov surpreende, vence Djokovic e conquista Masters 1000

Gazeta Esportiva.com

O início do primeiro set fez parecer que o sérvio Djokovic levaria o resultado com calma e tranquilidade ao abrir três a 1 e ficar perto de fechar o quinto game. No entanto, no auge dos 22 anos, Khachanov conseguiu quebrar dois serviços em momentos decisivos da partida, deixando seu adversário não somente cansado, como também nervoso com uma sequência de falhas bobas, se considerada sua experiência. Tendo saído atrás 0-30 em alguns games, ele fechou com parcial de 7/5 após 57 minutos, tendo feito 18 winners contra cinco, mas também cometeu mais erros (20 contra 11).

Concentrado no saque, Djokovic venceu o primeiro game, mas, após alguns erros causados pelo cansaço físico e mental, cedeu a virada por 3 a 1. O sérvio foi atrás, com muito esforço diante de um Khachanov bem fisicamente, chegando ao 4/3. Porém, o jovem foi frio o bastante para conquistar a parcial de 6/4 e levou pela primeira vez na carreira um título do Masters 1000.

Vindo de uma incrível batalha de mais de três horas com Federer, Novak Djokovic assumirá a primeira posição do ranking na segunda-feira e não deve ficar desanimado com a derrota, pois ainda disputará o ATP Finals, que ocorre em Londres e reúne os oito melhores tenistas da temporada.

O Masters 1000 de Paris é o último torneio da categoria no ano. Por conta disso, é necessário destacar o fato de Djokovic, com 31 anos, estar visivelmente cansado na partida ocorrida no Palácio de Bercy. Khachanov, que assumirá uma nova posição na segunda-feira, a 11ª, além de quebrar os 100% de aproveitamento em finais deste torneio do sérvio, também colocou fim em uma sequência invicta de 22 jogos do novo número 1.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui