Juventus confirma retorno de Buffon após um ano no PSG

Globoesporte.com/JP

Divulgação

Gianluigi Buffon está de volta a Juventus. Após passar por exames médicos na manhã desta quinta-feira, o goleiro de 41 anos assinou contrato de uma temporada com a Velha Senhora, até 30 de junho de 2020.

“Volto a Turim porque sei que posso ser útil. Volto porque o convite de uma Senhora não se pode recusar. Volto porque essa é a minha casa – afirmou Buffon na redes sociais.”

Buffon, que chegou a ser especulado no Fluminense e no Porto, jogou a última temporada pelo PSG após deixar a Juventus com 656 partidas nas costas entre 2001 e 2018. Nesse período, Buffon conquistou nove títulos italiano pela Velha Senhora e se tornou um dos maiores ídolos da história do clube de Turim (como se pode ver abaixo no comunicado oficial do clube).

“Depois de um ano longe de Turim, Gianluigi Buffon voltou à Juventus (…) Era 19 de maio de 2018. Esse foi o dia em que havia lágrimas nos olhos de todos; quando Gigi se despediu da Juventus (…) Foi a despedida de alguém que era mais do que apenas um capitão, mas uma lenda e um símbolo do clube. Provavelmente cada um de nós esperava e, no final, sabia que o fio que nos unia por tantos anos não estava destinado a quebrar. E esse foi o caso”.

Embora não tenha sido mencionado no comunicado, Buffon deve seguir no clube após o término do contrato em uma função na diretoria (ou até mesmo na comissão técnica) de acordo com jornal “Corriere Dello Sport”.

Buffon é o terceiro reforço contratado pela Juventus na janela de verão. Antes de Gigi, Rabiot, que também estava no PSG, foi anunciado, assim como Ramsey, que veio do Arsenal. Os três chegaram a “custo zero” para Velha Senhora.

“Gigi”, como é apelidado na Itália, chega, a princípio, para ser reserva do polonês Szczesny. Vale lembrar que no PSG, onde conquistou o Campeonato Francês e a Supercopa da França, Buffon também não foi titular absoluto, disputando posição como Areola.

Comentários