Justiça manda Marquinhos Trad retirar postagens de campanha irregular

A Justiça Eleitoral determinou que o candidato Marquinhos Trad, da coligação “Sempre com a Gente”, retire, no prazo de 24 horas, as postagens da campanha feita de forma ilícita na Ceasa (Centrais de Abastecimento de Mato Grosso do Sul). O pedido foi feito pelos advogados da coligação “Por Uma Cidade Melhor”, do candidato a prefeito Coronel David (PSC).

jusma

O magistrado considerou que o candidato descumpriu o artigo 37 da Lei 9.504/2015, que venda propaganda eleitoral em centro comercial. Além de ser prédio de uso comum, a Ceasa é entidade de economia mista vinculada à Agraer (Agência Estadual de Desenvolvimento Agrário).

Além de cometer a irregularidade, Marquinhos Trad publicou as fotografias da campanha na Ceasa no Facebook. A Justiça deu prazo de 24 horas para a retirada das postagens do Facebook do candidato. Ele ainda pode ser condenado a multa pelo ilícito eleitoral.

Comentários

comentários