Justiça Eleitoral retoma atendimento para regularizar quem perdeu biometria

Da Redação/JN

Ao todo, 80 mil tiveram o título de eleitor cancelado na Capital

A Justiça Eleitoral de Campo Grande retoma atendimento aos eleitores nesta quinta-feira (12),após encerramento do período de cadastramento biométrico na capital sul-mato-grossense que aconteceu em 18 de março.

Serviço foi retomado hoje e vai até dia 9 de maio

Serviços como a retirada do primeiro título serão oferecidos. Eleitores que tiveram o documento cancelado por não cadastrarem a biometria também vão poder se regularizar.

A regularização vai até 9 de maio. O eleitor precisa levar documento oficial com foto, além de cópias do documento e de um comprovante de residência atualizado.

Não há multa para que não fez a biometria no prazo, mas caso o eleitor tenha se ausentado em algum turno das últimas eleições, terá que quitar débitos. Caso haja multas pendentes, o pagamento deverá ser realizado pelo Banco do Brasil. Após o pagamento, o eleitor deve comparecer ao posto de atendimento e apresentar o comprovante, com os demais documentos necessários.

Para se regularizar, o eleitor tem disponível os pontos de atendimento no Fórum Eleitoral, que fica no Parque dos Poderes; no Centro Integrado da Justiça (CIJUS) com 250 senhas distribuídas por ordem de chegada, e no Fácil dos bairros Guaicurus, General Osório e Aero Rancho, com 150 atendimentos por ordem de chegada.

Comentários