Justiça concede mais 5 dias para Puccinelli pagar fiança de R$ 1 milhão

A Justiça Federal concedeu nesta tarde mais 5 dias para que o ex-governador de Mato Grosso do Sul André Puccinelli (PMDB) pague a fiança de R$ 1 milhão estipulada na semana passada, quando ele foi levado para depor, de forma coercitiva, pela Operação Máquinas de Lama.

Até o dia 22, o ex-governador terá que pagar R$ 1 milhão

A informação é do diretor de cartório da 3ª Vara da Justiça Federal de Campo Grande, Danilo Mafei. O advogado de defesa de Puccinelli, Renê Siufi, confirmou também que teve o pedido de extensão do prazo de pagamento acatado.

O prazo maior foi definido pelo juiz Fábio Luparelli. O magistrado, substituto na 3ª Vara Federal de Campo Grande, julgou o recurso que a defesa do ex-governador ingressou nesta segunda-feira (15) pedindo que o dinheiro para o pagamento do montante fosse tirado das contas bloqueadas do ex-governador ou do sequestro de bens.

Pela decisão, da semana passada a juíza Monique Monique Marchioli Leite, também substituta na 3ª Vara, impôs medida restritiva de direitos. O ex-governador está usando tornozeleira eletrônica desde o dia 11 de maio, quinta-feira passada, não pode ausentar-se de Campo Grande, nem manter contatos com os investigados pela Operação.

Em caso de descumprimento de qualquer uma das condições, poderá ser decretada a prisão preventiva.

Comentários