Justiça concede liberdade a motorista bêbado que causou morte de motociclista na Ceará

A Justiça concedeu liberdade sem pagamento de fiança a Ricardo Reis Rocha de 46 anos, que conduzia embriagado um Ford Fiesta, que causou a morte do motociclista Fabrício de Souza Amorim, de 21 anos, que conduzia uma moto Yamaha XTZ, na avenida Ceará, em Campo Grande, na madrugada de domingo (15).

O motorista co carro foi preso logo após o acidente e a Justiça concedeu a liberdade. Porém, ele continuou na cadeia porque a vítima morreu.

Nesta segunda-feira (16), durante audiência de custódia, foi determinada mais uma vez a liberdade dele.

Acidente

O motorista estava na avenida Ceará e virou à esquerda para entrar na rua Santa Bárbara, cruzando na frente motociclista que não conseguiu frear e caiu.

Segundo o registro policial, a vítima deu entrada no hospital com trauma de rosto e sinais de pneumotórax que evoluiu para parada cardiorrespiratória.

Além de fazer manobra irregular na avenida, o motorista estava embriagado. Exame do etilômetro apontou 0,37 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.

Comentários