Juiz arranca à mão adesivos de vereadora do PMDB de um carro em frente à seção eleitoral

(Foto: Site - TRE)
(Foto: Site – TRE)

O juiz eleitoral David de Oliveira Gomes Filho arrancou à mão adesivos da vereadora Carla Stephanini, candidata a reeleição pelo PMDB, que estavam colados em um carro parado em frente ao Colégio Dom Bosco, na Avenida Mato Grosso, em Campo Grande.

Segundo o juiz, o veículo estava estacionado, com vários adesivos da candidata, na zona eleitoral desde a madrugada, o que configura propaganda eleitoral irregular. Para resolver o assunto, o carro deveria ser guinchado, ou as propagandas retiradas.

Conforme informações dos fiscais que trabalhavam no local de votação, o guincho estava em outra ocorrência e por isso o juiz teve que arrancar os adesivos com as próprias mãos.

Em virtude da irregularidade, a vereadora pode ser multada, já que o responsável pela propaganda irregular não foi localizado no local.

Se a prisão acontecesse em flagrante, explicou o juiz, o caso se enquadraria em boca de urna. Como o veículo foi deixado no local, o caso será registrado e encaminhado para o Promotor de Justiça que vai avaliar a punição para a irregularidade.

Comentários

comentários