Jovem que executou ex de namorado por causa de briga no Facebook se entrega

Apontada como responsável pela morte de Victória Correia Mendonça, 18 anos, Thamara Arguelho, 21, se entregou à polícia na tarde de ontem. Ela chegou até a 7ª delegacia de Campo Grande acompanhada da mãe e mais dois advogados e reforçou a hipótese de que agiu por ciúmes.

Thamara disse ainda que a vítima teria chamado o filho dela de demônio - Foto: Reprodução/Facebook
Thamara disse ainda que a vítima teria chamado o filho dela de demônio – Foto: Reprodução/Facebook

Victoria foi assassinada na madrugada do último dia 19 no portão de casa, na Rua Luiz Bento, Vila Popular, região oeste de Campo Grande. Ela foi até o portão da residência após a suspeita tê-la chamado pelo nome quando foi recebida a tiros.

Segundo uma testemunha, quando Victoria chegou ao portão, ocorreram cinco disparos de arma de fogo. A jovem foi atingida na nuca e morreu no local. De acordo com a testemunha, a jovem suspeita vestia roupas pretas e fugiu do local com um comparsa em uma motocicleta. Para a polícia, a testemunha disse que ela ameaçava Victoria pelo Facebook.

Segundo informações da Polícia Civil, o depoimento dela teve duração de uma hora e trinta minutos. Depois ela foi levada para outra delegacia, onde aguarda transferência para o presídio.

Informações sobre onde ela estava escondida ou como conseguiu a arma ainda não foram divulgadas.

Comentários

comentários