Jovem mata, carboniza e esconde corpo de irmã de 24 anos

Um crime brutal chamou atenção da polícia e de moradores de Ponta Porã, cidade distante 346 quilômetros da Capital, neste sábado (27). Um jovem de 18 anos matou a própria irmã, carbonizou e escondeu o corpo em mata. O rapaz foi preso.

Jovem foi preso e responderá pelo crime brutal - Foto: Divulgação
Jovem foi preso e responderá pelo crime brutal – Foto: Divulgação

Segundo o registro policial, vizinhos de Lucinete de Oliveira, de 24 anos, deram falta da jovem na tarde de ontem, ela vivia no assentamento Itamarati.

Os vizinhos começaram a procurar a jovem e acabaram encontrando um corpo escondido em uma mata próxima da casa da vítima.

Equipes policiais foram acionadas e chegando lá, encontraram o corpo totalmente carbonizado. A vítima estava aproximadamente 10 metros de onde provavelmente foi queimada. Tudo indica que ela foi morta e ainda arrastada para dentro do mato.

Os policiais acabaram chegando ao autor do crime, Gelson de Oliveira Ximenez, de 18 anos e irmão da vítima.

Segundo relatos do próprio jovem à polícia, houve discussão entre os dois na noite anterior porque o rapaz, que é dependente químico, recusou-se a permanecer internado em uma clínica de recuperação da Capital.

Na casa do jovem, a polícia encontrou uma faca de açougueiro suja de sangue e também uma foice, provavelmente as armas usadas no crime.

O caso foi registrado como feminicídio, destruição e ocultação de cadáver, na 1ª delegacia de polícia de Ponta Porã. Gelson permanece preso.

Comentários

comentários