Jornalista da TV Globo diz que foi ameaçado por torcedores

Gazeta Esportiva

O repórter Eric Faria, da Rede Globo, é acusado pelo Santos de ter passado informação ao quarto árbitro sobre lance de pênalti na partida contra o Flamengo
(Foto: Raphael Dias/Globo)

Após a vitória sobre o Flamengo, que não garantiu a classificação do Santos na Copa do Brasil, o jornalista da TV Globo Eric Farias, foi acusado de ter comunicado o quarto árbitro Leandro Pedro Vuaden durante a anulação de uma penalidade máxima, na partida. A questão tomou tamanha proporção, que o repórter desabafou que chegou a ser ameaçado por torcedores.

“Já recebi um monte de ameaça de morte, que se for na Vila eu vou sair de camburão do IML, tomar pedrada, paulada. Mais do que um repórter, tem um cidadão, um pai de família. Tenho um menino de 10 anos que me mandou uma mensagem e perguntou se estava tudo bem neste rolo todo”, afirmou em entrevista ao Sportv.

Ele também desmentiu a acusação e destacou que está tendo chateações com a situação. “Gostaria de dizer que tudo isso é muito chato. Gostamos de vir aqui para falar de futebol. Está virando uma coisa muito maluca que não gostamos de ver. Estar aqui falando de uma acusação leviana, falsa, que está me dando dor de cabeça em redes sociais”, disse.

“A troco de que isso? Falamos tanto de não violência no futebol e um clube com a grandeza do Santos não precisa disso. A história do Santos é linda, é belíssima. Sinceramente, desviar o foco de uma derrota com uma acusação sem pé nem cabeça…”, ressaltou.

Comentários