Jogador Régis, ex-São Paulo, é detido no DF ao invadir apartamento de vizinha

Redação

Foto: Polícia Militar/Divulgação

O lateral direito Régis, ex- São Paulo, foi detido pela Polícia Militar, em Brasília, por tentar invadir o apartamento de sua vizinha. Ele foi acusado de perturbação da tranquilidade, ameaça e violação de domicílio.

De acordo com o boletim policial, por volta das 10h30 desta segunda-feira (15), foi acionada a ocorrência em um edifício residencial localizado em Samambaia, no Distrito Federal. No local, encontraram Regis Ribeiro de Souza, visivelmente transtornado e bastante nervoso, que tentava invadir um apartamento a procura de sua vizinha, que já havia deixado o local.

O jogador tinha vínculo com o clube até abril de 2019. Contratado em abril deste ano após se destacar pelo São Bento, no Campeonato Paulista, ele já ficou afastado do Morumbi entre junho e julho por problemas pessoais. Desta vez, o clube considerou melhor tirá-lo do elenco, pois a inconstância do jogador no trabalho acabava atrapalhando o dia a dia da equipe.

Os problemas particulares são considerados graves e o São Paulo prestou toda ajuda necessária durante o primeiro período de afastamento. O atleta voltou a treinar aos poucos, recuperou a forma física afetada pela parada e até conseguiu voltar a jogar em bom nível, inclusive sendo decisivo para o time buscar empate por 1 a 1 com o Fluminense no Morumbi, com um jogador a menos.

A diretoria não comenta qual é o tipo de problema enfrentado por Régis. Aos 29 anos, o lateral direito já passou por 17 clubes na carreira, que teve no São Paulo seu ápice.

Comentários