João Rocha será eleito presidente da Câmara

Segundo o presidente interino da Câmara Municipal de Campo Grande, Flávio César (PTdoB), existe um entendimento entre os vereadores, após a renuncia do ex-presidente da Casa de Leis, Mario César (PMDB), pelo consenso geral, por chapa única, indicando que João Rocha (PSDB), será eleito presidente.

Foto Silvio Ferreira
Foto Silvio Ferreira

A eleição para a presidência deve ocorrer na manhã de sexta-feira, 27, em sessão extraordinária na Câmara. De acordo com os regimentos da Câmara, os parlamentares tem um período de 24h para convocar uma eleição.

Questionado sobre a possibilidade de assumir a presidência, Flávio Cesar explicou que por ter assumido a função durante o período em que o ex-presidente Mario Cesar estava impossibilitado, não deve ser cotado para a presidência. “Por já ser vice, e ter ficado a frente da presidência, não serei candidato, devo permanecer na vice presidência”, afirmou. “Ele (João Rocha) é experiente já ocupou a primeira secretária desta Casa, preside atualmente a Comissão Processante Comissão de Ética, tem todos os requisitos para comandar a Mesa”, comentou Flávio César.

“Este (a eleição de João Rocha) o caminho mais viável “, admite o vereador Airton Saraiva (DEM).

O vereador Carlão (PSB), também confirmou que entre eles está tudo caminhando para que a casa seja liderada pelo vereador João Rocha.

Em favor de João Rocha, que integrou a base de Bernal na primeira gestão do prefeito e por algum tempo foi líder do prefeito afastado Gilmar Olarte, o fato de ser do partido do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), atrai o apoio dos vereadores de partido da base de apoio da administração estadual, como PPS (de Luiza Ribeiro); Solidariedade (Herculano Borges).

Silvio ferreira com Jackson Nogueira

Comentários

comentários