Jamal defende pacto para combater caos na Saúde

Ex-secretário de Saúde do município, o vereador Jamal Salem (PR) defendeu que “uma parte considerável das 132 mortes nas UPAS (Unidades de Pronto Atendimento) e CRS (Centros Regionais de Saúde) de janeiro a junho.deste ano está ligada a casos de pacientes terminais”.

Foto Silvio Ferreira
Foto Silvio Ferreira

O vereador ainda defendeu ações que contemplem o setor prioritariamente pela gestão do prefeito reconduzido ao cargo, Alcides Bernal (PP), pois, defendeu, “as dificuldades que serão enfreitadas pelo prefeito serão as mesmas da gestão anterior”.

“Além de pacientes em estado terminal, a falta de leitos hospitalares é outra das causas de tantos óbitos nas UPAs”, defendeu o vereador. “UPAs não contam com recursos para atender casos com alta-complexidade, então precisamos de mais investimentos federais e estaduais nesse sentido”,

De acordo com o vereador, “por isso defendo que a Câmara não olhe para quem está no cargo de prefeito, mas para.Campo.Grsnde. Uma paralisação da coleta de lixo é absurda! Pode.ocasionar uma epidemia, então defendo uma atitude conciliadora da Câmara com a Prefeitura, pelo interesse de Campo Grande”, finalizou.

Comentários

comentários