Jackie Chan recebe Oscar honorário da Academia de Hollywood

A indústria cinematográfica de Hollywood homenageou o ator Jackie Chan neste sábado (12), em Los Angeles, com a entrega do Oscar honorário da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos em reconhecimento ao pioneirismo na sua carreira.

Jackie Chan discursa com o Oscar honorário nas mãos durante entrega em Los Angeles neste sábado (12) (Foto: Robyn Beck/AFP)
Jackie Chan discursa com o Oscar honorário nas mãos durante entrega em Los Angeles neste sábado (12) (Foto: Robyn Beck/AFP)

Chan disse que, como uma estrela de ação, apesar de suas décadas no cinema, ele nunca esperava ganhar um Oscar. O chinês recebeu o carinho dos convidados e foi chamado ao palco pelo colega Chris Tucker, com quem dividiu a série “A Hora do Rush”. Chan também foi saudado pelo astro norte-americano Sylvester Stallone.

O rei das artes marciais, conhecido por seu lado comediante e seu estilo de luta acrobática, começou a atuar quando criança na década de 1960 em Hong Kong, onde nasceu, e já participou de mais de 150 filmes em seus 62 anos de vida.

Chan ficou famoso em Hollywood com o filme “Arrebentando em Nova York”, em 1996, e se transformou em uma estrela mundial com “A Hora do Rush”, “Karatê Kid” (2010) e os filmes de animação “Kung Fu Panda”.

Demais premiados
A editora de cinema Anne Coates, o diretor de elenco Lynn Stalmaster e o documentarista Frederick Wiseman também receberam a honraria durante o Governors Award From the Academy of Motion Picture Arts and Sciences (Prêmio da Academia de Artes e Ciências do Cinema, na sigla em inglês).

O presidente da Academia, Cheryl Boone Isaacs, disse que todos os homenageados “inspiram as próximas gerações”.

Os Governors Awards foram criados como um evento separado dos Oscar em 2009 para dar maior atenção aos premiados. O Oscar honorário já foi entregue a figuras da indústria cinematográfica como Lauren Bacall, Francis Ford Coppola, Oprah Winfrey, Angelina Jolie e Spike Lee.

Comentários

comentários