Jacaré critica UFC, Bisping, Henderson e avisa: ‘Pisaram no calo errado’

Plano do Ultimate de colocar veterano como o primeiro desafiante de Bisping pelo cinturão dos médios ainda frustra lutador brasileiro, que não aceita ser descartado

Os planos do UFC de realizar uma revanche entre Dan Henderson e Michael Bisping, pelo cinturão dos médios, ainda frustra – e muito – o brasileiro Ronaldo Jacaré. Terceiro colocado no ranking da categoria e com uma única derrota (considerando que Romero foi pego no doping)  em sete lutas na franquia, o capixaba, que esteve nesta quinta em Manaus para divulgar uma competição de jiu-jitsu, não admite ser descartado da luta pelo título.

Ronaldo Jacaré venceu Vitor Belfort e se credenciou por luta pelo cinturão (Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS)
Ronaldo Jacaré venceu Vitor Belfort e se credenciou por luta pelo cinturão (Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS)

Irritado com a situação, o multicampeão da arte suave ”chutou o balde” e não poupou ninguém de suas críticas (mais que severas). Sobrou para o atual campeão, o provável desafiante e até mesmo para o agora sócio minoritário do Ultimate, Dana White.

– Eu estou lutando pelos meus direitos. Sou tão real que acho que quem merecia lutar pelo cinturão era o Romero, mas ele caiu por doping e está fora. E aí teria que ser eu, por uma simples questão de merecimento, pois o Chris (Weidman) está machucado. Então só estou lutando pelos meus direitos. Eu só estou agindo assim porque pisaram no meu calo. E, infeliz ou felizmente, eles pisaram no calo da pessoa errada. Pisaram no calo errado – disse.

O lutador, entretanto, ainda acredita que essa luta, no final, não vai acontecer. O ”fio” de esperança é sustentado porque, na opinião dele, o público não está aprovando a ”furada de fila” do veterano.

– É um absurdo (a luta). É algo que só foi falado, mas não foi assinado o contrato ainda. O público não está gostando. Eu acredito que a mídia vai fazer com que essa luta não aconteça. Enquanto não assinarem o contrato, eu sou o próximo e não aceito isso. Ele é o décimo terceiro no ranking. Tem 12 lutadores na frente dele. Não pode, em hipótese alguma, isso acontecer. A gente tem que brigar pelo o que é nosso – disse Jaca, que deu como exemplo a forma como ocorrem as seletivas para as Olimpíadas.

– Aqui a gente tem que se classificar. O César Cielo não vai disputar a Olimpíada porque não se classificou. O Phelps vem, por quê? Classificou. Eu queria que o Cielo participasse, mas ele não pode. O Henderson também não pode – acrescentou.

Para o atleta radicado no Amazonas, quem está mais errado em toda essa polêmica é Michael Bisping. Na opinião de Jacaré, o inglês está fugindo de um combate contra ele. O brasileiro até debochou do campeão nesta quarta-feira, em sua rede social.

– Com certeza o Bisping está correndo de mim. Eu sei, por fontes seguras, que ele não aceitou essa luta porque preferiu o Henderson. Poderia ter aceitado eu, o Luke (Rockhold) e vários outros. Ele que escolheu (o Henderson), e eu tenho certeza, pelas minhas fontes – finalizou.(Globo Esporte)

Comentários

comentários