Investigado em caso de exploração sexual Alceu Bueno renuncia ao mandato

Alceu Bueno (sem partido, ex-PSL) agora é ex-vereador. A carta de renúncia dele foi lida por volta das 9h30 desta terça-feira (28), logo depois do início da primeira sessão plenária da semana na Câmara Municipal de Campo Grande.

renun

No texto, o parlamentar envolvido no escândalo de exploração sexual de menores afirma que é vítima, pois foi ele quem denunciou o esquema. Além de Bueno, foram indiciados o ex-vereador Robson Martins, o empresário Luciano Roberto Pageu e o ex-deputado estadual Sérgio Assis.

No documento, Alceu Bueno alegou que pediu a renúncia para ter mais liberdade para defender-se. “Portanto, confiando em Deus, demonstrarei inexistir qualquer responsabilidade a mim atribuída, comprovando assim minha inocência”, disse o vereador na carta.

Ainda assim, os vereadores querem ter acesso ao inquérito do caso, em razão da suspeita de mais políticos envolvidos e, por isso, o Legislativo tem que apurar esse rede de exploração sexual. Alguns populares estão na Câmara com cartazes pedindo punição aos políticos envolvidos no escândalo sexual.

Comentários

comentários