Internos da Unei Dom Bosco fazem “desenho de quem mata policial”

Imagem simboliza ameaça a policiais - Foto: Divulgação
Imagem simboliza ameaça a policiais – Foto: Divulgação

Durante operação pente-fino, na manhã desta sexta-feira (29), Unidade Educacional de Internação (Unei) Dom Bosco, na Capital, policiais militares do Batalhão de Choque e agentes socioeducativos promoveram a partir das 9h40, revistas nas dependências da unidade.

Equipe de 25 militares chegou em um ônibus locado pelo Estado e uma viatura, para dar apoio aos agentes. Depois de tentativa frustrada de fuga na madrugada de quarta-feira (27), os menores infratores internados no local começaram a fazer uma série de ameças de morte contra outros internos.

Hoje durante o pente-fino os policiais encontrarm desenhos de palhaços na parede de um dos corredores, como forma de ameaça de morte aos policiais, e apreenderam diversas armas artesanais nas celas.

Segundo a Polícia Militar, no mundo do crime, a imagem do palhaço é conhecida como a tatuagem de quem mata os policiais.

AMEAÇA

Vídeo que teria sido gravado depois do quebra-quebra ocorrido na madrugada de quarta-feira (27), nesta unidade de internação, mostra menores infratores prometendo que haverão mortes no local. A gravação teria sido feita por algum funcionário e a divulgação ainda é restrita.

No episódio de quarta-feira, adolescentes dos dois pavilhões quebraram várias paredes e deixaram grande prejuízo, conforme estima a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), que ainda não fez levantamento do valor.

O fato teria acontecido depois de tentativa de fuga de alguns menores, frustrada por agentes penitenciários. No dia, foram apreendidas diversas armas artesanais.

 

Comentários

comentários